Café da Starbucks será rastreado pela blockchain da Microsoft

(Foto: Shutterstock)

A multinacional americana Starbucks, detentora da maior rede de cafeterias do mundo, vai usar a plataforma baseada em blockchain da Microsoft para rastrear os grãos de café da fazenda até o consumidor final.

Segundo comunicado da Microsoft, a Starbucks recorreu a sua tecnologia —  Microsoft Azure Blockchain — com o intuito de melhorar sua conexão com seus clientes por meio de uma experiência mais personalizada que a rastreabilidade digital em tempo real, via aplicativo, vai permitir.

O sistema de rastreamento vai registrar em blockchain todas as mudanças ao longo da jornada do café, fornecendo aos usuários do aplicativo uma visão mais completa da cadeia de suprimentos, diz a nota.

De acordo com o comunicado, a Starbucks obteve grãos de mais de 380.000 fazendas de café em 2018.

“Este tipo de transparência oferece aos clientes a chance de ver que o café que eles apreciam é o resultado de um movimento que muitas pessoas se importam profundamente”, disse Michelle Burns, vice-presidente da Global Coffee & Tea da Starbucks.

Feedback a agricultores

Conforme um artigo publicado pela Starbucks em 20 de março, muitos produtores de café não têm ideia da qualidade do seu produto, que muitas vezes é digna de exportação. Com o sistema eles poderão avaliar melhor a produção.

“Um agricultor que não conhece o seu café pode não saber que seu produto é de qualidade de exportação. Conhecer a qualidade do café como agricultor é importante”, disse na publicação, Surabhi Agrawal, gerente global de rastreabilidade da Starbucks.

Gerri Martin-Flickinger, diretor de tecnologia da Starbucks, também deixou seu comentário.

“Tudo o que fazemos na tecnologia é centrado em torno da conexão do cliente na loja, a conexão humana, uma pessoa, uma xícara, um bairro de cada vez”, disse.

Plano iniciou em 2018

Os planos não vêm agora. No início do ano passado, o diretor de rastreabilidade da Starbucks, Arthur Karuletwa, já adiantava metas para uma relação mais próxima com o consumidor por meio da tecnologia.

Na ocasião, ele disse que a tecnologia de rastreabilidade poderia trazer uma grande experiência entre os consumidores de café, a empresa e os agricultores.

“Isso poderia ser uma grande mudança em uma indústria que não teve muita inovação no formato de como o café atravessa fronteiras e oceanos”, disse.

Ele acrescentou:

“A tecnologia digital tornou-se o motor econômico deste século e a rastreabilidade preserva os ativos mais valiosos que temos como seres humanos – nossa identidade”.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!