Buscas por Bitcoin no Google batem recorde no Brasil e disparam no mundo

Buscas no Google por bitcoin batem recorde no Brasil e disparam no mundo
(Foto: Shutterstock)

Dados do Google Trends revelam que as buscas pelo termo ‘bitcoin’ neste mês superam as de abril do ano passado, batendo, assim, o recorde dentro do período de 12 meses. A última vez que o interesse na palavra havia aumentado foi em novembro de 2018.

O longo período de baixas no mercado, chamado de ‘inverno das criptomoedas’, após a alta histórica no final de 2017, fez com que as buscas pela criptomoeda diminuísse por um bom tempo até bater os US$ 5 mil no dia 03 de abril.

(Fonte: Google Trends)

Historicamente, o principal motivo do crescimento nas buscas pela maior das criptomoedas está ligado à sua valorização.

A relação entre o preço do bitcoin e a quantidade de pesquisas do Google pela palavra é interessante e sempre volta à tona devido aos gráficos tanto do preço como das pesquisas por bitcoin serem muito parecidos. No final de 2017, quando o bitcoin chegou aos US$ 20mil, foi exatamente no mesmo período das altas nas buscas.

No Google mundo

Embora o Google Trends não forneça o número exato de pesquisas, as buscas por ‘bitcoin’ atingiu 90% do nível de novembro de 2018 no mundo.

(Fonte: Google trends)

No entanto, o aumento da procura não está atrelado somente à valorização do bitcoin, mas também pela procura das razões que elevaram o preço da criptomoeda.

Os dados do Google revelam no início deste mês houve um pico nas buscas em regiões que poderiam até parecer improváveis para ter mais interesse que os países pioneiros em criptomoedas, como Estados Unidos, por exemplo.

Nos dias 02 e 03 de abril, destacaram-se no quesito buscas por bitcoin, St. Helena, Holanda, África do Sul, Nigéria e Áustria.

Bitcoin no Baidu

Considerado o Google da China, a procura pelo termo ‘bitcoin’ foi ao topo dos assuntos mais procurados no Baidu, a maior plataforma de buscas do país.

Outros motivos para o crescimento da procura são publicações no Twitter, uma das redes sociais mais acessadas do mundo. A ferramenta de análise do Bitinfocharts também mostrou que o termo ‘bitcoin’ foi consideravelmente disseminado por meio de tuítes no microblog.

(Fonte:: Bitinfocharts.com)

No fechamento desta matéria o bitcoin estava sendo negociado acima dos R$ 20 mil no Brasil, segundo dados do IPB.


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!