Bitmain lança chip que vai consumir menos eletricidade na mineração de bitcoin

Volume de transações de Bitcoin alcança níveis de janeiro de 2018
(Foto: Shutterstock)

A Bitmain, maior empresa de mineração de bitcoin do mundo e uma das gigantes na fabricação de chips para o setor, anunciou seu novo processador de 7 nanômetros, o ASIC BM1397.

Segundo publicação nesta segunda-feira (18) no blog da mineradora, a empresa afirmou que o novo produto vai oferecer novos níveis de eficiência energética para o proof-of-work (prova de trabalho).

Fabricado pela Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC), o BM1397 irá consumir menos eletricidade para extrair criptomoedas como o bitcoin e o bitcoin cash, por exemplo, que são baseadas no algoritmo SHA256, diz o anúncio.

A empresa disse que o BM1397 é uma prova dos esforços da Bitmain em procurar melhorar sua metodologia de design de chips, bem como se aprofundar nas mais avançadas tecnologias de fabricação de semicondutores.

Ela acrescentou:

“É uma melhoria de 28,6% na eficiência de energia em comparação com o chip anterior de 7 nm da Bitmain. Para chegar nesse ponto, a equipe de engenharia customizou o produto minuciosamente em sua arquitetura”.

Bitmain lançou Antminers antes

No final do ano passado, a Bitmain começou a vender seus novos equipamentos de mineração de bitcoin, os Antminers S15 e T15 de 7nm, também em parceria com a TSMC, cujas capacidades de mineração é de apenas 42 joules por terahash.

Concorrente teve prejuízo em 2018

Na semana passada, a GMO, uma das maiores empresas do Japão e concorrente da Bitmain, anunciou um prejuízo de 1,3 bilhão de ienes (cerca de R$ 45 milhões) no seu empreendimento no setor de mineração de criptomoedas.

Embora o grupo seja um conglomerado gigante no Japão com dezenas de subsidiárias em vários segmentos, os investimentos que visava lucros com bitcoin por meio da GMO-Miner e da Z.Com-Cloud Mining não obtiveram sucesso.

Na ocasião, a empresa justificou o mal desempenho no setor devido às excessivas quedas de preços do bitcoin e das criptomoedas no ano passado, e que a atividade não progrediu conforme o esperado.

Entretanto, em vez de parar com investimentos no setor, a GMO anunciou que implementaria uma mudança de política em questões relacionadas ao seu modelo de negócios de mineração, como transferir seus centros de mineração para regiões cuja eletricidade é mais barata.


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!