Bitcoin Volta a Ficar Abaixo dos US$ 10.000; Altcoins Operam em Queda

Na tarde desta terça feira o Bitcoin voltou a ficar abaixo dos US$ 10.000 pela terceira vez durante o mês de janeiro. Com isso, a criptomoeda acumula uma queda superior a 30% em 2018.

Gráfico BTC/USD da Bitfinex

No Brasil, o preço chegou a ser negociado perto dos R$ 32.000.

A queda pode estar relacionada com os reguladores dos EUA fechando o cerco em cima da Bitfinex, uma das maiores exchanges de bitcoin do mundo, por causa do seu token Tether.

A Bloomberg informou que a Comissão de Negociação de Contratos Futuros de Commodities dos EUA (CFTC) enviou intimações para a Bitfinex e Tether, a empresa que está por trás de um token digital homônimo que está diretamente vinculado ao valor de um dólar americano e é usado amplamente para negociar entre exchanges globalmente. Enquanto a Tether diz que seus US$ 2,3 bilhões em tokens são apoiados por reservas em dólar, os céticos questionam essa mesma reivindicação.

Esse já é um problema antigo e que cada dia vem se tornando maior e com mais gente expondo.

Altcoins

Praticamente todas as criptomoedas do mercado estão operando em queda. Das mais conhecidas, a exceção é a Decred, que opera em alta de 0,25%.

Fonte: Coinmarketcap

Os destaques negativos vão para a Stellar, NEM e Tron, que apresentam as maiores quedas.

Com isso, o valor de mercado das criptomoedas volta ao patamar de US$ 500 bilhões, US$ 150 bilhões a menos do que no início do ano.

Leia Também: Facebook está Proibindo Todas as Propagandas Promovendo Criptomoedas – Incluindo Bitcoin e ICOs

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!