Bitcoin volta a negociar acima dos US$ 4.000 e criptomoedas operam em alta

Bitcoin volta a subir após alguns dias operando em baixa (Foto: Shutterstock)

Após quatro dias sendo cotado abaixo dos US$ 4.000, o Bitcoin opera em alta de 9% nas últimas 24 horas e já é negociado acima de US$ 4.100. No Brasil, a criptomoeda é cotada a R$ 15.729 às 9:50 desta quarta (28).

Apesar da retração de alta, novembro caminha para ser o pior mês do ano, com uma desvalorização de 35%.

O volume negociado também aumentou. Nas últimas 24 horas, mais US$ 6 bilhões em BTC foram negociados. Em todas as criptomoedas, US$ 17 bi foram movimentados, 20% a mais do que na semana passada. No Brasil, 835 BTC foram negociados nas últimas 24 horas, equivalentes a pouco mais de R$ 12 milhões.

Criptomoedas respiram

Alimentadas pela recuperação do BTC, as principais criptomoedas do mercado como Ripple, Ethereum, Bitcoin Cash e Stellar registraram ganhos próximos ao do bitcoin.

A variação, contudo, continua negativa nos últimos sete dias, com exceção do Bitcoin SV, originado no fork do Bitcoin Cash, que valorizou 94,4%.

O valor de mercado somado das criptomoedas encontra-se agora em US$ 130 bi, 10% a mais do que a mínima anual registrada.

Cotação das principais criptomoedas do mercado (Fonte: Portal do Bitcoin)

BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!