Bitcoin volta a ficar abaixo dos US$ 10.000 e analista aposta em recuo até US$ 7.600

Foto: Shutterstock

O Bitcoin iniciou uma leve queda na noite de terça (23) e voltou a ficar abaixo dos US$ 10.000. Nesta manhã de quarta-feira a moeda digital é negociada a US$ 9.750.

No Brasil, o preço caiu R$ 2.000 nas últimas horas e é cotado a R$ 37.400.

Desde que atingiu a resistência de US$ 11.000 há três dias, o preço do Bitcoin caiu lentamente e agora lutando para ficar acima da área de suporte de US$ 10.000. Caso não consiga, os próximos alvos são de US$ 9.800, US$ 9.600 e US$ 9.400. Mais abaixo está US $ 9.000 (que é a mínima da semana passada).

Do lado otimista, a resistência mais próxima agora é em US$ 10.200. Mais acima está a área de US$ 10.500 a US$ 10.600 e a região problemática de US$ 11.000.

Analistas estão observando que um padrão fractal semelhante ao que ocorreu durante o mercado de baixa de 2018 está se repetindo, o que poderia significar mais queda para o bitcoin no curto prazo.

Chonis Trading, um popular trader no twitter, falou sobre essa possibilidade, explicando que esse padrão fractal poderia levar seu preço a cair para US$ 7.600.

“Se o “fractal” do mercado de ursos de 2018 continuar em um padrão obviamente semelhante ao de hoje, então o #bitcoin está a caminho do número 8 (US$ 7.600)”

Embora ainda não esteja claro se este padrão será ou não validado nos próximos dias, é certo que o Bitcoin está passando por uma forte pressão vendedora no curto prazo.

Mercado em queda

A maioria das criptomoedas estão operando em baixa. Ethereum (ETH) cai 1,87% no dia e é negociado a US$ 207. Ripple (XRP) cai 1,4% e segura o preço em US$ 0,30.

A maior perda é da Tron, que cai 6,2% e é negociada a US$ 0,023.

Entre os principais ativos apenas a EOS opera em leve alta, com valorização de 1,44%.

A capitalização do mercado cripto recua para US$ 260 bilhões e acumula perda de US$ 120 bi (30%) desde a sua máxima anual, registrada em 26 de junho.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!