Bitcoin se aproxima dos US$ 7.000 e criptomoedas disparam

(Foto: Shutterstock)

O Bitcoin segue em alta e, durante a madrugada de sábado (11), foi negociado próximo aos US$ 7.000. Às 8:00, horário de brasília, a criptomoeda é negociada a US$ 6.810. No Brasil, de acordo com o IPB, o BTC é cotado a R$ 27.176.

Ao renovar a máxima anual, o Bitcoin também atingiu o maior preço desde setembro de 2018. No ano, o BTC já acumula valorização de 90%.

De acordo com o Coinmarketcap, US$ 24 bilhões foram negociados em BTC nas últimas 24 horas, o maior volume registrado em 2019.

O Bitcoin conseguiu romper os US$ 6.400 de forma relativamente fácil. Essa faixa de preço era considerada muito importante pois foi onde o BTC mais foi negociado durante o ano de 2018 e poderia representar uma forte resistência. Analistas afirmam agora que o Bitcoin finalmente entrou de volta em um mercado de alta.

No lado fundamentalista, Barry Silbert, fundador e CEO do Digital Currency Group, disse que o volume negociado do Bitcoin Investment Trust (GBTC) ultrapassou os US$ 50 milhões na sexta-feira (10), tornando-se a ação mais negociada na OTC Markets.

O GBTC é utilizado principalmente por investidores credenciados para investir em bitcoin em um ambiente transparente e regulado.

O fluxo constante de capital institucional nos últimos 12 meses, como visto no relatório anual da Grayscale de 2018, e a recém-divulgada pesquisa da Fidelity sugerem que um número crescente de investidores credenciados e institucionais está se comprometendo com o mercado.

“De acordo com a pesquisa, cerca de 22% dos investidores institucionais já têm alguma exposição a ativos digitais, com a maioria dos investimentos sendo feitos nos últimos três anos. Quatro em cada dez entrevistados dizem que estão abertos a futuros investimentos em ativos digitais nos próximos cinco anos”, diz o relatório da Fidelity Digital Assets.

Criptomoedas em alta

Acompanhando o movimento do Bitcoin, os principais criptoativos do mercado também operam em alta nas últimas 24 horas.

Bitcoin Cash, Litecoin, Cardano e Tezos têm ganhos superiores a 10%. Ethereum e Ripple operam com ganhos de 9,6% e 4,3% respectivamente.

Somando todos os ativos, mais de US$ 74 bilhões foram negociados nas últimas 24 horas, de acordo com o Coinmarketcap.

A capitalização do mercado atingiu a marca de US$ 200 bilhões pela primeira vez em 2019, melhor patamar desde novembro de 2018.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!