Bitcoin Opera em Queda e Atinge Menor Preço de Maio

Foto: Shutterstock

O bitcoin opera em queda nesta quarta-feira (23), chegando a ser negociado abaixo dos US$ 8.000, menor preço dos últimos 34 dias.

No Brasil, de acordo com o Índice de Preço do Bitcoin (IPB), a oscilação diária está em -5,77%. Após abrir o dia cotado a R$ 29.728, está sendo negociado a R$ 28.012, às 14:40.

Gráfico do Índice de Preço do Bitcoin (IPB)

O volume global está bem abaixo do normal. Nas principais exchanges do mundo, US$ 6 bilhões em bitcoin foram negociados nas últimas 24 horas. No Brasil, pouco mais de 350 BTC foram negociados até o momento nesta quarta, equivalentes a R$ 10 milhões, volume ínfimo em escala global.

Expectativa pós Consensus

Havia uma expectativa que a Consensus, maior evento de bitcoin e blockchain do mundo, pudesse impulsionar o preço do Bitcoin novamente, assim como ocorreu em edições passadas.

O analista Thomas Lee, por exemplo, admitiu ter errado a previsão de comportamento do preço do Bitcoin publicada no início do mês. A aposta do chefe de pesquisa da Fundstrat Global Advisors era de que a criptomoeda valorizaria 70% durante a Consensus, evento que reuniu em Nova York milhares de investidores e entusiastas de criptomoedas.

Antes da conferência, o Bitcoin já estava em queda e o cenário piorou nos dias seguintes à Consensus, com sequência de queda até o momento, admitiu Lee em nota a seus clientes divulgada na sexta-feira, conforme informações da Bloomberg.

Em seu anúncio de antes do evento, Lee disse se basear em edições anteriores para sustentar sua expectativa de valorização. Do ano passado para cá, o tamanho do evento saltou de aproximadamente 2.750 para 7 mil participantes.

Outros problemas

A Bitfinex pediu a uma pequena parte de sua base de usuários identidades fiscais e identificação pessoal, o que levou investidores de grande porte a temer uma possível intervenção do governo e retirou grandes somas de fundos da bolsa.

Na Coréia do Sul, devido à controvérsia em torno da UPbit e Bithumb, os investidores locais ficaram perplexos, sem saber se o mercado de criptomoedas local pode ser confiável ou não.

Criptoativos seguem o movimento do Bitcoin

Como de costume, grande parte do mercado segue a tendência do bitcoin, só que em maior intensidade.

Com exceção da Binance Coin, todos os criptoativos operam em queda, tanto nas últimas 24 horas como nos últimos sete dias.

O Bitcoin, como esperado, é um dos que mais resiste ao mal momento do mercado, tendo uma das menores variações negativas. Bitcoin Cash (BCH), IOTA e Vechain, por outro lado, apresentam as maiores quedas.

Fonte: Página de Cotações do Portal do Bitcoin

 

BitcoinTrade

Comprar e vender Bitcoin e Ethereum ficou muito mais fácil. A BitcoinTrade é a plataforma mais segura e rápida do Brasil. Além disso, é a única com a certificação de segurança PCI Compliance. Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android: https://www.bitcointrade.com.br/