“Bitcoin foi ao fundo do poço e sobreviveu”, diz presidente da maior Bolsa de Valores do mundo

(Foto: Shutterstock)

Jeff Sprecher, presidente da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) disse em um evento em Nova York, na terça-feira (27), que apesar do mercado em baixa, ele está confiante de que as criptomoedas sobreviverão.

“Francamente, sim”, disse ele ao ser questionado sobre o atual momento da criptoeconomia na conferência Consensus: Invest, conforme reportagem da CNBC.

No entanto ele frisou que, por ser um operador de bolsa, não é muito elegante ficar opinando sobre isso.

O presidente da bolsa nova-iorquina observou que o bitcoin ainda é o ‘barômetro’ pelo qual todas as outras criptomoedas são julgadas.

“De certo modo, o bitcoin foi ao fundo do poço e sobreviveu. Existem milhares de tokens que você pode argumentar que são melhores que ele, mas ainda assim ele sobrevive, prospera e atrai atenção”, disse ele.

Sprecher também é CEO da detentora da NYSE, Intercontinental Exchange (ICE), que está trabalhando em parceria com a Microsoft e a Starbucks para lançar, em janeiro, a Bakkt — o lançamento, previsto para dezembro, foi adiado para 24 de janeiro de 2019.

Futuros de Bitcoin

A nova companhia, cujo foco é facilitar futuros de bitcoin, tem como diretora executiva a também americana Kelly Loeffler, esposa de Sprecher, que o acompanhou na conferência.

A Bakkt fornecerá custódia e rastreamento de preço para o bitcoin, o que é regulamentado como uma commodity pela Comissão de Negociação de Contratos Futuros de Commodities (CFTC) — projetada para ser livre de manipulação de mercado e fraude.

A Nasdaq, segunda maior bolsa de valores do mundo, também segue com o plano de lançar uma bolsa de futuros de Bitcoin no primeiro trimestre de 2019.

O maior desafio, no entanto, é conseguir satisfazer os critérios do reguladores americanos, em especial a CFTC. Uma vez que todos os requisitos forem contemplados, os contratos poderão ser lançados.

Tudo isso está pavimentando o caminho para a entrada em massa de investidores institucionais no mercado de criptomoedas.

“O que está acontecendo nos bastidores é que empresas têm sido formadas para criar infraestrutura e assim permitir a integração de uma categoria totalmente nova, que são os investidores institucionais”, disse Barry Silbert , fundador do Digital Currency Group.

Silbert ressaltou, ainda, que “nos bastidores ninguém diminuiu a velocidade”.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!