Bitcoin é “objeto especulativo” de “atores desconhecidos” diz Banco Central Alemão

0
116

O membro do conselho alemão do Bundesbank, Carl-Ludwig Thiele, alertou contra o Bitcoin, chamando-o de “objeto especulativo” emitido por “atores desconhecidos”.

Em comentários dados ao jornal local Die Welt am Sonntag, Thiele disse que os consumidores não devem esquecer o passado do Bitcoin apenas porque seu valor está agora mais alto do que nunca. Ele disse:

“Bitcoin é um objeto especulatório, cujo valor muda rapidamente. Pode ter visto subidas íngremes recentemente, mas as coisas foram diferentes no passado. ”

“Do nosso ponto de vista, Bitcoin não é um meio adequado para armazenar o valor. Basta um olhar para a taxa de câmbio altamente volátil e perceberá isso. “

Preconceito alemão

Os comentários de Thiele mantêm uma posição cautelosa, já tomada por investidores financeiros na Alemanha. Nos últimos anos, vários exemplos de viés aparente vieram à luz dos bancos domésticos, que pareciam manter os negócios do Bitcoin a distância.

Um excelente exemplo é o LocalBitcoins, que em 2014 foi forçado a interromper as operações no país devido à incerteza regulatória sobre suas atribuições (desde então, reentrou no mercado).

Thiele, entretanto, continuou a definir Bitcoin como algo que ele “não vê como uma moeda”, mas que é “distribuído” pelo que ele chama de “atores desconhecidos”.

“Quem considerar Bitcoin estável como o dólar ou euro deve assumir a responsabilidade por ele”, disse ele, acrescentando que o banco central “não estaria tomando decisões de investimento em nome dos cidadãos”.

A história da Blockchain na Alemanha, entretanto, atinge um tom familiar de sucesso, com parcerias bancárias e de start-ups em número crescente. Thiele considera a tecnologia “interessante”, diz Die Welt.