Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum e Ripple: Análise técnica 03 de dezembro

(Foto: Shutterstock)

“Venho para enterrar o Bitcoin”. Com essa declaração de um dos economistas chefes do UBS, Paul Donovan, começamos a semana das criptomoedas. Apesar da declaração provocativa, o mercado vem em uma espécie de tentativa de reação. Algumas moedas reagindo mais fortes que as outras, é claro, mas é nítido que pelo menos as quedas mais
abruptas cessaram por hora. Por hora.

Bitcoin – BTC/USD

Como aconteceu na grande maioria do mercado, o Bitcoin se recuperou de certa forma. Ao fim da queda, o BTC fez um fundo duplo com volume, um sinal de reversão forte. Apesar de ter aceitado a resistência de US$ 4.500, também respeitou o suporte de US$ 3.800. Os preços já se localizam nas médias mais curtas, que inclusive já se cruzam por algumas vezes devido ao mercado mais lateralizado e, também se aproximam da media de
50 períodos no gráfico de 4h. O cruzamento dos preços com a média de 50 períodos seria essencial para dizermos que há um possível sinal de reação no médio prazo.

No curto prazo, o BTC forma, após o topo duplo, um galhardete (uma espécie de funil no qual os preços vão se afunilando até que haja uma puxada com volume para algum dos lados. Dito isso, um rompimento da resistência de US$ 4.500 com volume pode significar mais movimentos de alta. O contrário também é valido, se os vendedores quebrarem com força o suporte de US$ 3.800 o mercado retoma os movimentos de baixa das últimas semanas.

 

Bitcoin Cash – BCH/BTC

O Bitcoin Cash segue em sua tendência de baixa. Volume de negociação extremamente baixo e preço posicionado abaixo de todas as médias moveis no gráfico diário. Algo interessante para quem está de olho em uma possível reversão para o BCH são os indicadores. A Macd, Stoch Rsi e RSI estão dando sinal de compra e reversão de tendência.

Se o mercado corrigir, ou pelo menos se lateralizar para desafogar esses indicadores,
então vale uma atenção maior nessa moeda. Se ela começar a dar sinais de reversão de tendência com volume, será interessante uma operação de compra de BCH.

Ethereum – ETH/BTC

Ethereum vem seguindo bastante o movimento geral do mercado. “Nada novo sob o Sol”. As quedas maiores se acalmaram e desde o dia 24/11 aparenta uma lateralização. Os indicadores que apareciam sobrevendidos já respiram e caso haja mais uma puxada por parte dos ursos poderemos ver novas baixas nos próximos períodos. Como o ETH vem acompanhando muito o mercado, precisaríamos de uma reação do mercado como um todo
para que possamos indicar uma reversão de tendência em um médio/longo prazo.

Ripple – XRP/BTC

O XRP é uma das grandes anomalias do mercado. A moeda, mesmo com as quedas gerais do mercado, segue em forte tendência de alta com os touros fazendo constantes puxadas.

Seu preço segue posicionado acima das médias móveis mais longas, o que é um ótimo sinal altista. Além disso, está ocorrendo o cruzamento das médias de 50 e 100 períodos, a chamada “Cruz de Touro”, um forte sinal de tendência de alta. Dentre as moedas analisadas, a Ripple é aquela que se porta de maneira mais forte e independente frentes às quedas recorrentes do mercado nas ultimas semanas.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br