Bitcoin bate US$ 7.500 e acumula 100% de alta em 2019

(Foto: Shutterstock)

Bitcoin segue em forte alta e, durante a madrugada de domingo (12), renovou mais uma vez a máxima anual, alcançando US$ 7.500 às 5:00, horário de brasília.

No Brasil, a criptomoeda também renovou a máxima anual e chegou a ser negociada a R$ 29.295, de acordo com o IPB. Às 8:00, o BTC é negociado a R$ 28.712.

O volume negociado nas exchanges globais nas últimas 24 horas foi de US$ 28 bilhões, valor próximo aos patamares de dezembro de 2017.

O Bitcoin agora acumula alta de 100% apenas em 2019. Em maio, o acumulado é de 40%.

Alex Krüger, um analista de mercados globais, disse que o atual movimento de alta do BTC foi iniciado sem o envolvimento do mainstream.

A alta foi causada pelo capital já existente dentro do mercado cripto, em vez de dinheiro novo entrando no mercado.

Em abril, o CEO da Three Arrows Capital, Su Zhu, estimou que o montante existente dentro do mercado de criptomoedas, pronto para ser alocado em criptoativos, estaria em torno de US$ 6 bilhões.

“Há uma estimativa de US$ 2 bilhões em espécie em fundos de criptomoedas. Há outros $ 2B + em stablecoins, e outros $ 2B em exchanges. Esse é um total de US$ 6 bilhões que já foi incorporado ao mercado para comprar criptomoedas.”, disse Zhu.

Um trader de criptomoedas sugeriu que o mercado futuro de bitcoin da CME, que fechou a US$ 6.290 na sexta-feira, pode intensificar ainda mais a dinâmica do mercado, na abertura desta segunda-feira.

A Bitwise Asset Management estimou que o mercado futuro responderia por cerca de 35% do volume de bitcoin no início de março.

Criptomoedas tentam acompanhar

Liderando o mercado, o Bitcoin apresenta valorização superior às “altcoins”, o que colabora para o aumento no seu marketshare, que já se aproxima dos 60%. Desde dezembro de 2017, quando o BTC alcançou US$ 20.000, o seu marketshare não era tão alto.

Correndo por fora, Ethereum e Ripple apresentam tímidos ganhos nas últimas 24 horas de 1,65% e 0,22% respectivamente. Bitcoin Cash é o maior destaque com 10,2% de valorização.

A capitalização dos criptoativos também atingiu máxima anual e está em US$ 215 bilhões.


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!