Bitcoin bate US$ 11.500, atinge US$ 200 bi de capitalização e 60% de marketshare

Moedas físicas de Bitcoin ao lado de uma coroa (Foto: Shutterstock)

O Bitcoin renovou sua máxima anual ao bater US$ 11.500 às 8:00, horário de brasília, desta terça (25).

Nas duas horas seguintes, a criptomoeda despencou US$ 700 mas a queda foi rapidamente neutralizada e o BTC voltou a ser negociado próximo dos US$ 11.500. Às 18:00 o BTC é negociado a US$ 11.420. No Brasil a criptomoeda é negociada a R$ 44.500.

O Bitcoin agora acumula valorização de 36% nos últimos trinta dias e mais de 150% desde o início do ano.

Para Richard Rytenband, a alta do bitcoin não tem nenhuma relação com a notícia da criação da criptomoeda do facebook Libra, pois “não há qualquer concorrência com o Bitcoin, por diversos motivos, começando pela própria estrutura que não é descentralizada”.

Segundo Marcel Pechman, analista e cofundador do Radar BTC, o projeto Quorum da Microsoft em parceria com o JP Morgan, bem como a confirmação da mesa de negociações de Bitcoin para clientes da gigante Fidelity ambos ocorridos em maio desse ano resultaram nessa alavancagem das criptomoedas.

“O fato é que diversos projetos de cripto estão ganhando corpo contando com investimentos de empresas tradicionais da área de finanças, tecnologia e varejo. Tornou-se indiscutível o sucesso das criptomoedas”, disse Pechman ao Portal do Bitcoin.

US$ 200 bilhões e 60% do mercado

Com o Bitcoin superando os US$ 11.000, seu valor de mercado também superou a marca de US$ 200 bilhões e representa agora 60% do mercado cripto.

A última vez que o BTC registrou um marketshare tão alto foi em dezembro de 2017, quando a criptomoeda atingiu US$ 20.000. Desde então, o domínio chegou a cair próximo dos 33% com o crescimento das altcoins, mas o bitcoin voltou a ganhar espaço e reinar no criptomercado.

Em paralelo, o valor de mercado total dos criptoativos também registrou máxima anual nesta terça (25) de US$ 337 bilhões.

A fim de comparação, a máxima histórica do valor total de mercado registrado pelas criptomoedas foi de US$ 830 milhões, em janeiro de 2018.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!