Bitcoin atinge US$ 5.600 e registra nova alta de 2019

(Foto: Shutterstock)

O Bitcoin opera em alta e, durante a madrugada, foi negociado a uma máxima de US$ 5.647, registrando a maior cotação de 2019. Às 7:30, o BTC registra um leve recuo e é negociado a US$ 5.590.

No Brasil, a criptomoeda é negociada a R$ 22.005 às 7:30, de acordo com dados do IPB.

Gráfico BTC/USD da Bitfinex

Com a continuação do movimento de alta que vem desde o início de abril, quando o BTC disparou mais de 20% e atingiu US$ 5.000. O ativo agora acumula uma valorização de 42% apenas em 2019.

Nas últimas 24 horas, mais de US$ 14 bilhões foram negociados nas principais exchanges internacionais, de acordo com o Coinmarketcap, um aumento de 10% em relação a média da semana anterior.

O trader de criptomoedas “Crypto Rand” publicou na segunda (22) uma análise onde disse que o próximo alvo de curto prazo do BTC é US$ 6.400.

O Bitcoin agora terá o seu principal teste para uma continuação do movimento de alta, que será o suporte dos US$ 6.000, região onde ele ficou por quase seis meses durando o ano de 2018. Um movimento além dessa região pode significar mais ganhos no curto/médio prazo da criptomoeda.

Criptomoedas operam em alta

O Bitcoin é o maior destaque entre as principais criptomoedas nesta manhã de terça (23), porém, Bitcoin Cash e Cardano também apresentam valorizações superiores a 3%. O maior destaque do dia é a Tezos, com alta de 13%.

Ethereum, EOS e Litecoin operam com ganhos de 2,3%, 2,2% e 2,0% respectivamente.

XRP e Binance Coin estão operando em queda de 0,02% e 1,30% respectivamente.

O valor de mercado total dos criptoativos está em US$ 184 bilhões, próximo a máxima anual de US$ 186, registrada no início de abril.


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!