Binance vai retirar Bitcoin SV da sua plataforma; criptomoeda cai 8%

(Foto: Shutterstock)

A Binance vai retirar da sua plataforma de negociação a criptomoeda Bitcoin SV (BCHSV), que foi originada no hard fork do Bitcoin Cash em novembro de 2018.

Em uma publicação no blog da exchange, a empresa disse revisar periodicamente cada ativo digital listado para garantir que ele continua atendendo ao alto nível esperado, e complementa:

“Quando uma moeda ou um token deixa de atender a esse padrão ou a indústria muda, realizamos uma análise mais detalhada e, potencialmente, o excluímos. Acreditamos que isso protege melhor todos os nossos usuários.”

Dentre os fatores analisados, a Binance listou alguns:

  • Compromisso da equipe com o projeto
  • Nível e qualidade da atividade de desenvolvimento
  • Estabilidade de contrato inteligente / rede
  • Nível de comunicação pública
  • Capacidade de resposta aos nossos pedidos periódicos de due diligence
  • Evidência de conduta antiética / fraudulenta
  • Contribuição para um ecossistema saudável e sustentável

Se baseando nesses fatores, a corretora afirmou que a criptomoeda Bitcoin SV não cumpre mais os requisitos e será retirada no dia 22 de abril às 7:00, horário de brasília.

Todas as ordens serão automaticamente removidas após o horário determinado e os usuários terão até o dia 22 de julho para sacar seus fundos em BCHSV.

Após a notícia, o ativo caiu 8% em menos de uma hora e é negociado a US$ 65.

Onde o problema começou

Em um tweet na semana passada, CZ, CEO da Binance, afirmou que Craig Wright não era Satoshi Nakamoto e que, caso ele continuasse afirmando isso, iria retirar o Bitcoin SV da sua plataforma.

Craig Wright é o principal responsável pela criação (hard fork) do BCHSV, além de apoiador e minerador da criptomoeda. Há alguns anos ele vem afirmando ser Satoshi Nakamoto, mas nunca conseguiu provar.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!