Banco de investimento brasileiro BTG Pactual planeja emitir R$ 4 bilhões em ativos digitais

Banco de investimento brasileiro BTG Pactual planeja emitir R$ 4 bilhões em ativos digitais
(Foto: Reprodução)

O banco de investimentos brasileiro BTG Pactual, em parceria com a gestora de fundos de Dubai Dalma Capital, vai utilizar o blockchain da Tezos, para lançar diversos ativos digitais chamados security tokens. O BTG planeja vender US$ 1 bilhão (R$ 3,8 bilhões) em tokens, segundo informações da Bloomberg e da Tezos Foundation.

Ao que tudo indica, a valor é uma estimativa de ativos que a empresa pretende tokenizar. A perspectiva, segundo a Fundação, é tokenizar uma grande variedade de investimentos tradicionais e alternativos.

O BTG Pactual anunciou em fevereiro deste ano seus planos para lançar a ReitBZ — token lastreado em “ativos imobiliários de alto risco no Brasil”. Na ocasião, a instituição planejava aderir à criptoeconomia formando um mercado de US$ 15 milhões para o ReitBZ.

Desde então, lançou com sucesso o soft cap do token apoiado por imóveis no protocolo Ethereum, diz o artigo.

Ativos Digitais

“Embora o banco continue a ser independente de protocolo e tecnologia — e sem abandonar o protocolo Ethereum — vemos a Tezos como um player global com uma blockchain robusta para a tokenização de ativos”, disse André Portilho, parceiro do BTG e responsável pela iniciativa.

Já a Dalma Capital quer ir mais além, diz a Fundação. A empresa fez uma parceria para a ReitBZ do tipo ‘joint-bookrunner’, ou seja, com várias instituições, e planeja utilizar ainda mais a Tezos para uma série de projetos.

Dentre eles, o de tokenização de ativos que vão desde imóveis básicos até importantes clubes esportivos globais.

US$ 595 trilhões em Blockchain

Zachary Cefaratti, CEO da Dalma, que estima um mercado global de derivativos de US$ 595 trilhões em blockchain no futuro, disse o seguinte:

“Com a tecnologia blockchain se tornando uma realidade global, estamos muito satisfeitos em trabalhar com as equipes da Fundação Tezos e do Grupo Tocqueville, cujo conhecimento técnico complementa nossas credenciais de banco de investimento e gestão de ativos”.

O diretor da Fundação Tezos, Hubertus Thonhauser, falou da liderança das duas instituições — BTG e Dalma —  na implementação de soluções de blockchain no âmbito do banco de investimento tradicional.

“Somos encorajados por bancos de investimento que adotam o blockchain à medida em que o mercado avança para a institucionalização e adoção em massa”, comentou o diretor.

Bilionário de olho

O bilionário e investidor em venture capital Tim Draper, exímio entusiasta das criptomoedas e um dos interessados na Tezos, também deixou seu comentário. Ele disse:

“Estamos entusiasmados em ver o BTG Pactual e a Dalma Capital fazendo uso do blockchain Tezos — acreditamos no projeto Tezos e vemos uma hipótese de uso forte para security tokens”.

Sem citar o projeto do BTG, o presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, já havia comentado que essa era uma tendência do mercado financeiro mundial na apresentação do último Relatório Trimestral de Inflação: 

 “O token asset é ativo com um lastro e você emite uma forma digital dele. Inclusive o mundo está migrando muito para isso”.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!