Banco Central do Brasil vai lançar sistema para pagamentos instantâneos em 2020

(Foto: Shutterstock)

O Banco Central do Brasil vai lançar um sistema para pagamentos instantâneos mais barato e que vai dispensar o uso de maquininhas pelos comerciantes, reportou o Valor Econômico.

A notícia foi dada pelo presidente da instituição, Roberto Campos Neto, durante sua participação em um evento promovido pela B3 e Eurasia Group, em São Paulo, na última sexta-feira (26).

O encontro serviu para um debate sobre os riscos políticos no mundo hoje e como o Brasil se insere nesse novo contexto.

Implantação do sistema foi antecipada

A previsão era de implantar o meio de pagamento em 2020 e passar a operá-lo de forma ampla a partir de 2021.

No entanto, após uma reunião com sua equipe um dia antes do evento, Campos Neto disse que decidiu acelerar o cronograma e o sistema vai passar a funcionar em 2020, reportou o Valor Econômico.

Segundo o jornal, o BC havia montado um grupo de trabalho para definir todos os requisitos necessários para a implantação do novo sistema. A elaboração foi finalizada no fim do ano passado e agora a próxima fase será a de execução.

Sistema dispensa maquininhas

De acordo com a reportagem, o pagamento instantâneo do BC, cuja liquidação se dará em tempo real, vai representar uma alternativa mais barata para os comerciantes.

O maiores beneficiados serão os micro e pequenos empreendedores, pois a alternativa vai dispensar o uso das maquininhas.

Desta forma, os valores transacionados vão ser creditados na conta do comerciante em tempo real, independentemente de dia e hora da transação.

O sistema vai funcionar via QR Code, um código que pode ser facilmente escaneado usando a maioria dos telefones celulares equipados com câmera.

Suporte para todo o país

Conforme a publicação, o BC planeja criar e operar uma infraestrutura que fará a liquidação dos pagamentos eletrônicos em tempo real em todo o país.

Sendo assim, o novo meio de pagamento vai permitir a transferência de dinheiro entre pessoas, empresas e governo sem restrição de dia e horário.

“No sistema atual, não há liquidação de transferências fora do horário comercial. No novo sistema, o BC pretende que toda a transação seja concluída em, no máximo, 20 segundos, concluiu a reportagem.


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!