Baleias acumularam muito Bitcoin durante o mercado de baixa, diz pesquisa

(Foto: Shutterstock)

Novas pesquisas revelam que grandes investidores acumularam 450.000 BTC nos últimos nove meses, especialmente quando o mercado despencou no final de 2018.

Em outras palavras, as baleias compraram no fundo, quando o preço estava lá embaixo e o mercado estava desacreditado pela maioria. E agora eles estão impulsionando o novo bull market.

De acordo com a última edição da Diar, mais de um quarto de todos os fundos do Bitcoin são mantidos em carteiras com mais de 1.000 BTC cada. A pesquisa correlaciona o aumento de participações significativas com a última vez em que o Bitcoin estava em seu preço atual (em agosto passado) e aponta que os endereços que detêm essa quantidade de moeda aumentaram para mais de 26% da oferta circulante de BTC.

As carteiras de “baleias” acumularam Bitcoin no final de 2018 (Fonte: Diar)

A análise exclui os endereços controlados pela Coinbase porque a gigante norte-americana criou várias dessas carteiras com grandes quantidades quando reorganizou seu sistema de armazenamento. Se ele tivesse sido incluído, mais de 1,2 milhão de BTC ficariam em endereços com entre 1.000 e 10.000 BTC cada. Em vez disso, cerca de 450.000 BTC entraram nessas contas semi-ativas nos últimos nove meses, com grande acúmulo ocorrendo no mercado de baixa em dezembro.

A Diar também comentou sobre investidores privados e não-institucionais, que também têm acumulado bastante Bitcoin – mas não em exchanges.

“Bitcoins mantidos por grandes endereços – a maioria dos quais são exchanges – tiveram um êxodo de mais de 300.000 Bitcoins desde o início de 2018. No pico, esses endereços detinha 750.000 mais Bitcoins do que hoje, 21% do total da oferta circulante contra 16% hoje.”

Diar relatou anteriormente que mais de 50% de todos os BTC nunca se moveram. Muitos desses endereços mantêm esses saldos elevados porque raramente gastam seus fundos. Como tal, a tendência atual parece ser acumulação.

Bitcoin pode ultrapassar a máxima histórica?

Os pesquisadores também argumentaram que as baleias não representam ameaça à saúde do mercado. Além da persistente ameaça existencial representada por um pequeno número de pessoas que controlam grandes quantidades de criptomoedas, um estudo rápido da história do mercado nos mostra que a maioria dos holders continua segurando seus investimentos. Mesmo quando o Bitcoin chegou a atingir US$ 20.000, muitos investidores não moveram uma única moeda.

Isso traz outro ponto importante: há um grupo de pessoas que comprou BTC no caminho até US$ 20.000 e se recusam a vender com prejuízo.

Uma parte significativa do dinheiro novo que entra neste mercado pertence a pessoas que procuram especular e ganhar com a estratégia de “comprar na baixa e vender na alta”. A volatilidade do mercado de criptomoedas é tal que, muitas vezes, a “alta” não vem dentro de um período de tempo esperado. Outras vezes, isso acontece tão rápido que o investidor novato opta por não vender, porque o mercado pode continuar subindo.


Compre Bitcoin na Coinext

Baixe agora o aplicativo (Android e iOS) da corretora de criptomoedas mais avançada do Brasil. A mesma segurança e agilidade, em qualquer lugar, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!