Apenas 10 funcionários e um escritório ocioso: o que sobrou da Atlas Quantum

Página da Atlas Quantum no Facebook é hackeada e faz piadas com Rodrigo Marques
Rodrigo Marques dos Santos, CEO da Atlas Quantum (Reprodução/Youtube)

A Atlas Quantum praticamente não existe mais. A empresa que ocupava luxuosos três andares de um edifício na região da Avenida Paulista e o horário nobre na televisão agora não tem nem mais advogados nem sequer um fio de atendimento aos clientes lesados.

Eu fui até a sede da Atlas Quantum, na Alameda Santos 1827, no início da tarde desta terça-feira (07). Chegando lá, me identifiquei como jornalista e pedi para ser atendido. A recepcionista ligou para o sétimo andar, o telefone chamou algumas vezes e meu nome foi anunciado.

Como resposta foi pedido para que eu aguardasse para ver se alguém poderia me atender. Mais de cinco minutos depois, recebo a notícia de que não serei recebido.

O que restou da Atlas Quantum são cerca de 10 funcionários que ainda ocupam um andar de 860 metros do escritório.

Pessoas familiares com a situação do prédio e da empresa afirmam que o condomínio ainda está em dia. Além disso, o criador da Atlas, Rodrigo Marques, segue indo ao escritório — sempre rodeado por entre três e 10 seguranças — segundo os relatos.

Embora tenha dito a funcionários demitidos que todo seu capital estivesse retido, assim como os bitcoins dos clientes, ele segue com recursos para garantir a própria segurança.

Rodrigo Marques e Atlas Quantum

Ninguém sabe o que Marques faz lá, visto que não é possível obter nenhum contato com ele para ouvir sua versão dos fatos. Desde o final do ano passado, a empresa não possui mais assessoria de imprensa. Mesmo antes, Marques negou os pedidos de entrevista com o Portal do Bitcoin. Agora também não tem mais advogado — ao menos por enquanto.

Quem vai até o local são oficiais de Justiça por causa das centenas de processos que a empresa recebeu por dar calote em seus milhares de clientes. Além disso, todos os dias aparecem no local pelo menos duas vítimas do golpe.

“Antes era bem, mas agora o movimento caiu bastante. As pessoas se deram conta que não vão receber”, diz uma pessoa a par da situação.

O único indício de alguma existência de um fiapo de vida da empresa tem sido pela página da empresa no Facebook. A última postagem é o anúncio de que o atendimento vai funcionar das 10h às 15h de segunda a sexta-feira.

É por lá que foi anunciado os rendimentos de 2019, o que serviu apenas para levantar a ira dos clientes, que não conseguem sacar desde agosto de 2019.

E lá também que foi divulgado que a Anubis Trade fez 52 pagamentos, o que não pôde ser confirmado. É preciso lembrar, contudo, que a Anubis foi um esquema criado por Mateus Grijó, que entregou todos os fundos da empresa para a Atlas em um momento em que ela já não estava mais pagando ninguém.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!