Análise Técnica Bitcoin 16/01/19

O preço do Bitcoin está consolidando as perdas acima da área de suporte de US$ 3.560 em relação ao dólar americano.

Existe um triângulo de contração de curto prazo formado com resistência em US$ 3.625 no gráfico horário do par BTC/USD.

O preço pode em breve fazer o próximo movimento acima de US$ 3.650 ou abaixo de US$ 3.540 no curto prazo.

Análise de Preço

Após a negociação acima do nível de US$ 3.700, o preço do bitcoin enfrentou uma pressão de venda renovada. Mais importante, a reação de baixa do Ethereum provocou um movimento descendente abaixo de US$ 3.650 no par BTC/USD.

Ele caiu abaixo do suporte de US$ 3.620 e da média móvel simples de 100 horas. Além disso, houve uma quebra abaixo do nível de retração de Fibonacci de 23,6%. O preço chegou a ser negociado abaixo do suporte de US$ 3.600, mas o pivô de US$ 3.560 atuou como um sólido suporte.

Além disso, o nível de 50% de retração de Fibonacci também serviu como suporte. No início, o preço atualmente está mantendo o suporte de US$ 3.560, com movimentos de alcance. Parece que há um triângulo de contração de curto prazo formado com resistência em US$ 3.625 no gráfico horário do par BTC/USD.

Se houver uma quebra de alta acima da resistência de US$ 3.650, o preço pode subir para os níveis de US$ 3.700 e US$ 3.750. Por outro lado, uma quebra abaixo dos US$ 3.560 e US$ 3.540 pode desencadear movimentos de baixa. Os próximos principais suportes são próximos de US$ 3.500 e US$ 3.455.

Olhando para o gráfico, o preço do bitcoin está claramente se consolidando e se preparando para o próximo movimento acima de US$ 3.650 ou abaixo de $ 3.540. A ação atual do preço é positiva, mas uma quebra convincente acima de US$ 3.650 é necessária para um movimento ascendente. Se não, poderia cair para US$ 3.500 ou US $ 3.455.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!