Análise Técnica Bitcoin 06/01/19

O preço do Bitcoin não conseguiu ganhar impulso acima de US$ 3.900 e caiu recentemente em relação ao dólar americano.

Existe um grande triângulo formado com suporte em US$ 3.765 no gráfico de 4 horas do par BTC/USD.

O preço do Bitcoin está sendo negociado perto de níveis de suporte importantes. O BTC/USD poderá em breve fazer o próximo movimento acima de US$ 4.000 ou abaixo de US$ 3.500.

Análise de Preço

Na semana passada, o preço do bitcoin subiu acima da resistência de US$ 3.800 em relação ao dólar americano. No entanto, o par BTC/USD lutou muito para limpar o nível de resistência de US$ 3.900. Para começar, uma baixa foi formada perto de US$ 3.720 e depois o preço iniciou um movimento ascendente. Ele quebrou a resistência de US$ 3.800 e a média móvel simples de 100 (4 horas). O preço chegou a ser negociado acima do nível de retração de Fibonacci de 50% do último declínio, de US$ 3.920 para US$ 3.722.

No entanto, o preço enfrentou uma forte resistência perto dos níveis de US$ 3.850 e US$ 3.870. Além disso, o nível de retração de 76,4% também impediu ganhos. Os compradores não conseguiram empurrar o preço acima de US$ 3.900 e, posteriormente, o preço caiu. Negociou abaixo de US$ 3.800 e da MM 100. Dito isto, o preço está agora se aproximando da área de suporte chave perto de US$ 3.765. Mais importante ainda, existe um grande triângulo formado com suporte de US$ 3.765 no gráfico de 4 horas do par BTC/USD.

Olhando para o gráfico, o preço do BTC parece se aproximar do próximo intervalo significativo acima de US$ 3.850 ou abaixo de US$ 3.765. Um rompimento de alta acima de US$ 3.850 pode empurrar o preço para US$ 4.000 e US$ 4.200. Por outro lado, um rompimento para baixo de US$ 3.765 poderia fazer com que o preço chegasse a US$ 3.500 ou US$ 3.300.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!