Análise Técnica Bitcoin 05/08/18 – Retorno da Tendência de baixa?

O preço do Bitcoin caiu abaixo de US$ 7.260 e entrou em uma zona de baixa em relação ao dólar americano.

Existe uma linha de tendência de baixa maior formada com resistência em US$ 7.320 no gráfico de 4 horas.

O par deve eliminar as resistências de US$ 7.260 e US$ 7.320 para voltar a uma zona positiva.

Resistências no preço do Bitcoin

Na semana passada, houve uma queda acentuada abaixo dos US$ 7.600. O par BTC/USD caiu e rompeu os níveis de suporte de US$ 7.500 e US$ 7.260 para entrar em uma zona de baixa. Ele ainda negociou abaixo do nível de US$ 7.000 e atualmente está bem abaixo da média móvel de 100 períodos. Uma nova baixa mensal foi formada em US$ 6.881 e o preço está atualmente se consolidando.

Uma resistência inicial no lado positivo está próxima do nível de retração de Fibonacci de 23,6%. Mais importante, há uma linha de tendência de baixa maior formada com resistência em US$ 7.320 no gráfico de 4 horas do par BTC/USD. Abaixo da resistência da linha de tendência, o suporte anterior de US$ 7.260 é agora uma resistência crucial.

Portanto, as resistências de US$ 7.260 e US$ 7.320 são as principais barreiras para a continuação da alta do BTC no curto prazo.

Se houver um rompimento acima de US$ 7.320, o preço poderá se recuperar. A próxima resistência aguarda perto de US$ 7.600 e do nível de retração de Fibonacci de 50% da última queda.

Olhando para o gráfico, o preço do BTC está claramente negociando em uma zona de baixa abaixo de US$ 7.260. Se não conseguir se recuperar e ficar abaixo de US$ 6.880, a próxima parada para os vendedores poderá ser em US$ 6.500 a US$ 6.600.

  • A análise foi traduzida do site NewsBTC e não é uma indicação de compra ou venda.

Compre Bitcoin no Celular

A BitcoinTrade é a melhor plataforma para operar criptomoedas do Brasil.
Compre Bitcoin, Ethereum e Litecoin com segurança e liquidez, diretamente pelo app.
Baixe agora e aproveite, acesse: www.bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!