Alibaba e ABBC Coin fazem acordo e termo ‘alibaba’ fica com a gigante chinesa

A gigante chinesa de comércio eletrônico, Alibaba Group, conseguiu manter exclusivo o termo ‘alibaba’. O fato é que o projeto de criptomoeda da ABBC Foundation levava o mesmo nome, como ‘Alibabacoin’.

A situação causou grande desconforto para a empresa nos últimos meses. Agora, a disputa inusitada que vinha ocorrendo desde abril do ano passado, foi encerrada. O caso foi considerado um dos mais estranhos no criptomercado.

Segundo a CCN, uma corte do distrito de Nova York intermediou o acordo mundial para a marca, que fica com o Alibaba Group, cujo capital é de quase meio trilhão de dólares, cerca de R$ 1,8 trilhão.

Os detalhes do acordo não foram divulgados, mas a reportagem recebeu uma nota da ABBC Foundation que diz o seguinte:

“O Alibaba Group Holdings Ltd. (Alibaba) e a ABBC Blockchain IT Solutions LLC (ABBC) anunciaram hoje que chegaram a um acordo. A ABBC concordou em não usar marcas registradas que incluam o termo ‘alibaba’ em todo o mundo. A ABBC lamenta qualquer confusão pública que possa ter surgido”.

Disputa e reações do Alibaba Group

O Alibaba Group é uma das maiores empresas de e-commerce do mundo. Seu fundador e presidente executivo é o bilionário Jack Ma, que tem uma fortuna estimada em quase US$ 40 bilhões (cerca de R$ 150 bilhões) segundo a Forbes.

Tanto a empresa quanto Ma criticaram o uso do nome do grupo pela startup de criptomoedas. Segundo eles, isso causaria confusão, especialmente entre os investidores americanos.

No final de 2018 houve até rumores de que a gigante chinesa compraria a ABBC Foundation depois de uma reunião entre as diretorias das empresas.

Na época, o diretor executivo da startup de criptomoedas teve que ir a público explicar que o encontro foi apenas para esclarecimentos sobre a marca.

Durante o episódio, a ABBC Foundation chegou a argumentar de que a gigante chinesa não estava tirando proveito da ‘magia por trás do nome Alibaba’.

O nome da Alibabacoin foi inspirado no personagem fictício ‘Ali Baba’ da saga ‘As mil e uma noites’ (filme de 1944 baseado no conto árabe ‘The Arabian Nights’).

A startup também alegou que, devido à proibição de Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs) na China, não haveria espaço para interpretações errôneas.

No entanto, se manter firme contra uma empresa extraordinariamente muito maior, fez com que a ABBC Foundation recuasse até perder a causa.

ABBC caiu após a notícia

Após anunciar que deixaria de usar o termo ‘alibaba’ para promover sua criptomoeda, o preço da Alibabacoin teve uma ligeira queda de 6%. No entanto, dentro do mês de março o criptoativo continua com uma grande alta.

No início do mês, o criptoativo chegou a subir 65% em apenas um dia e chegou a entrar no top 25 entre as criptomoedas com maior valor de mercado. Seu movimento começou no final de fevereiro e chegou a bater 500% de alta.

Hoje, a criptomoeda está avaliada em R$ 1,69, segundo cotação no IPB. No Coinmarketcap, a ABBCoin ocupa a 33ª posição com um valor de mercado de cerca de US$ 190 milhões.


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!