3xBit anuncia compra de parte da OriginalMy durante a Bitconf

3xBit compra de parte da startup de blockchain OriginalMy
Saint Clair, 3xBit, e Miriam, da OriginalMy durante a Bitconf (Foto: Cláudio Rabin/Portal do Bitcoin)

A corretora de criptomoedas 3xBit comprou de parte da startup de blockchain OriginalMy. O anúncio oficial será feito na palestra da Bitconf do CEO da empresa, Saint Clair de Sousa Izidoro.

Em conversa com o Portal do Bitcoin neste domingo (05), ele antecipou a informação. Saint Clair não quis falar sobre os valores nem sobre a porcentagem da aquisição. Disse apenas que não era mais de 50% da companhia.

Miriam Oshiro, confundadora da OriginalMy, confirmou a informação e lembrou que o flerte entre as empresas começou no final de março. O contrato foi fechado há 15 dias.

A aquisição faz parte de uma estratégia maior da 3xBit. “Estamos fazendo um reposicionamento da marca. Não somos uma corretora, apenas temos uma. A ideia é ser um hub de soluções em blockchain”, disse Saint Clair.

Segundo o empresário, há um ganho em ampliar soluções de, por exemplo, autenticações de documentos. Além disso, há uma estratégia de internacionalização da empresa.

Para a OriginalMy, a vantagem, além do dinheiro, é ampliar o alcance dos produtos. Já o dinheiro, que obviamente é importante, será usado para contratar mais funcionários. Hoje a startup, que tem sede na Estônia, conta com 8 funcionários. Seis novas posições serão abertas para aumentar os times de desenvolvedores, de produto e do comercial.

Segundo Oshiro, a startup já havia recebido um investimento-anjo em 2017. Ao longo dos últimos dois anos novas propostas foram feitas, mas nenhuma havia sido concluída.

Anúncios da 3xBit na Bitconf

A conferência Bitconf tem sido palco para os principais anúncios da 3xBit. No final do ano passado, durante a edição que ocorreu em Forteleza, Saint revelou a aquisição da corretora Troca Ninja. A negociação entre as duas empresas do mesmo segmento vinha sido discutida há pelo menos um mês.

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!