2ª maior universidade dos EUA investe em fundo de criptomoedas de R$ 1,5 bilhão

(Foto: Mike Debt/Flickr)

A segunda maior instituição de ensino superior dos Estados Unidos, Universidade de Yale, entrou para um fundo de criptomoedas de US$ 400 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão), segundo reportagem da Bloomberg publicada na sexta-feira (05).

O fundo, chamado Paradigm, foi criado por Fred Ehrsam, cofundador da Coinbase, Matt Huang, da Sequoia Capital e Charles Noyes, ex-funcionário do Pantera Capital.

Segundo a reportagem, 96% de fundos semelhantes ao da Universidade de Yale não fazem esse tipo de investimento devido ao risco regulatório ainda em debate.

Embora a instituição tenha deixado muita gente surpresa com o novo investimento, não é de agora que ela investe livremente em vários setores.

Para se ter uma ideia, cerca de 60% de seus ativos já estão direcionados para investimentos alternativos em 2019. E agora o Paradigm, recentemente criado pelos especialistas em criptomoedas, também fará parte do portfólio da instituição.

A universidade tem em seu histórico de investimentos desde títulos porto-riquenhos até madeira em New Hampshire, diz a reportagem.

Há também, ainda que não confirmada pela instituição, a participação em um fundo de criptomoedas de US$ 300 milhões pela Yale na empresa de capital de risco Andreessen Horowitz. A notícia foi dada pela CNBC, que citou fontes anônimas.

A universidade ainda não se pronunciou sobre a participação no Paradigm, já que também partiu de informações anônimas, segundo o Bloomberg. 

Uma confirmação de Yale poderia ajudar o mercado, visto que a adesão de investidores institucionais pode alavancar o preço do bitcoin e, consequentemente, todo o mercado de criptomoedas.

A Paradigm foi criada para investir em projetos em estágio inicial focados em criptomoedas, novas blockchains e também em bolsas, disse Noyes, à Bloomberg em junho deste ano.

Pioneiro em investimentos institucionais

Somente a aprovação de David Swensen, responsável pelos investimentos da Universidade há mais de 30 anos e que hoje gerencia cerca de US$ 30 bilhões, já pode ser considerada muito significativa.

O método financeiro que ele aplica na condução de fundos e obtém grande desempenho já foi copiado por diversas vezes, diz a reportagem.

A Universidade de Yale, de acordo com a Forbes, é a segunda maior instituição de ensino dos Estados Unidos, ficando atrás apenas da Universidade de Harvard.

O fundo de doações das universidades dos EUA, acumulado por contribuições de ex-alunos e empresas, detêm cerca de US$ 550 bilhões em ativos.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br
Siga também o nosso Instagram com análises diárias.