“2019 será o ano do ETF do Bitcoin”, diz diretor da Bitwise após registrar novo pedido na SEC

“2019 será o ano do ETF Bitcoin”, diz diretor da Bitwise após registrar novo pedido na SEC
(Foto: Shutterstock)

Depois de ter o primeiro pedido de ETF de Bitcoin rejeitado, a Bitwise, empresa que gerencia fundos no mercado de criptomoedas, registrou uma nova solicitação na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) na quinta-feira (10).

Desta vez, o novo ETF (fundos de índices comercializados como ações) para rastrear bitcoin da gestora vem mais robusto.

De acordo com um comunicado de imprensa, o novo produto será listado na NYSE Arca, exchange subsidiária da Intercontinental Exchange. Sendo assim, o novo produto do ETF de bitcoin da Bitwise vai acompanhar o índice BTC da bolsa.

No Twitter, a empresa também mostrou-se animada.

“A Bitwise foi pessoalmente à SEC apresentar a declaração de registro inicial no Formulário S-1 relativa ao pedido de registro de um novo ETF”.

A empresa acredita que agora, após quase um ano de pesquisa aprofundada, pode fornecer à SEC o tipo de informação e dados que a Agência indicou ter faltado na última análise.

A gestora diz que nesta oportunidade não deixará dúvidas à Agência em relação a seu plano de prevenção a manipulação de mercado, assim como promover preços justos e liquidez.

Sobre isso, Matt Hougan, chefe de pesquisa global da Bitwise, discorreu:

“A SEC fez perguntas importantes sobre qualidade na criptoeconomia, a confiabilidade dos preços de criptomoedas, a segurança na arbitragem e na custódia. Nós passamos 2018 pesquisando essas questões e estamos ansiosos para discutir com a equipe da SEC em relação ao pedido de registro e listagem”.

John Hyland, diretor global de ETF da Bitwise, também se pronunciou. Ele disse que está muito esperançoso na aprovação.

“Embora não haja garantias e o pedido passe por revisões, estamos otimistas de que o ano de 2019 será o ano de lançamento de um ETF de Bitcoin”, disse Hyland.

SEC vai se pronunciar em fevereiro

Tendo utilizado todos os adiamentos permitidos por lei, a SEC deve aprovar ou rejeitar em fevereiro as propostas de ETF de Bitcoin realizadas em 2018 pela parceiras VanEck e SolidX, empresas do setor de gestão de investimentos e de tecnologia blockchain, respectivamente.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br